Resumo do recurso

O VMware vSphere® Distributed Switch™ (VDS) oferece uma interface centralizada de onde você pode configurar, monitorar e administrar switches de acesso à máquina virtual para todo o data center. O VDS oferece:

  • Configuração simplificada da rede de máquinas virtuais
  • Recursos avançados de monitoramento e solução de problemas de rede
  • Suporte para recursos de rede avançados do VMware vSphere®

VMware vSphere Distributed Switch

VMware vSphere Distributed Switch

VMware vSphere Distributed Switch (3:13 min)

Configuração simplificada da rede de máquinas virtuais

Use esses recursos do VDS para simplificar o aprovisionamento, a administração e o monitoramento da rede virtual entre vários hosts:

  • Controle centralizado da configuração de portas do switch virtual, da nomeação de grupos de portas, das configurações de filtragem e outros
  • Protocolo LACP que negocia e automaticamente configura a agregação de links entre os hosts do vSphere e o switch físico da camada de acesso
  • Recursos de verificação da integridade da rede para validar a configuração entre o vSphere e a rede física

Recursos avançados de monitoramento e solução de problemas de rede

O VDS fornece recursos de monitoramento e solução de problemas:

  • Suporte aos protocolos RSPAN e ERSPAN para análise de rede remota
  • IPFIX Netflow versão 10
  • Suporte ao SNMPv3
  • Reversão e recuperação para aplicar patches e atualizar a configuração de rede
  • Templates que permitem o backup e a restauração da configuração do sistema de rede virtual
  • Despejo de memória com base em rede (Netdump) para depurar hosts sem armazenamento local

Suporte a recursos de rede avançados do vSphere

O VDS fornece a base para vários recursos de rede no ambiente do vSphere:

  • Fornece o elemento principal para o VMware vSphere® Network I/O Control (NIOC)
  • Mantém o estado de execução da rede para as máquinas virtuais à medida que são transferidas entre vários hosts, permitindo monitoramento direto e serviços de firewall centralizados
  • Oferece suporte a Single Root I/O Virtualization (SR-IOV) para permitir baixa latência e altas cargas de entrada/saída
  • Contém filtragem de BPDU para evitar que as máquinas virtuais enviem BPDUs para o switch físico

Detalhes técnicos

O VDS amplia os recursos e as funções de redes virtuais, ao mesmo tempo que simplifica o aprovisionamento e o processo contínuo de configuração, monitoramento e gerenciamento.

Os switches de rede do vSphere podem ser divididos em duas seções lógicas: o plano de dados e o plano de gerenciamento. O plano de dados implementa no pacote a comutação, a filtragem, a marcação entre outros. O plano de gerenciamento é a estrutura de controle usada pelo operador para configurar a funcionalidade do plano de dados. Cada vSphere Standard Switch (VSS) contém planos de dados e gerenciamento, além do administrador poder configurar e fazer a manutenção individual de cada switch.

O VDS facilita o trabalho de gerenciamento tratando a rede como um recurso agregado. Cada switch virtual no nível do host é abstraído em um VDS grande que engloba vários hosts no nível do data center. Nesse design, o plano de dados permanece local para cada VDS, mas o plano de gerenciamento é centralizado.

Cada instância do VMware® vCenter Server™ oferece suporte a até 128 VDSs; cada VDS pode gerenciar até 500 hosts.

Outros detalhes:

  • Grupos de portas virtuais distribuídas (grupos de portas DV) — grupos de portas associados a um VDS e que especificam as opções de configuração de cada porta participante
  • Uplinks virtuais distribuídos (dvUplinks) — os dvUplinks permitem um nível de abstração para as NICs físicas (vmnics) em cada host
  • VLANs privadas (PVLANs) — o suporte a PVLAN permite maior compatibilidade com ambientes de rede existentes usando a tecnologia
  • Rede do vMotion — simplifica o monitoramento e a solução de problemas acompanhando o estado da rede (como contadores e estatísticas de porta) de cada máquina virtual à medida que é transferida de host a host em um VDS
  • Traffic Shaping bidirecional — aplica políticas de traffic shaping nas definições de grupo de porta de DV, definidas por largura de banda média, pico de largura de banda e tamanho máximo de rajada

 

Recursos