Virtualização do Microsoft Exchange para melhor desempenho

Execute o Microsoft Exchange no VMware vSphere não apenas para igualar, mas para ultrapassar o desempenho de servidores físicos em 100% ou mais. Consolide várias caixas de correio e funções de servidor do Exchange para reduzir a área de cobertura de 5 a 10 vezes. Maximize a disponibilidade do Exchange sem a complexidade do Microsoft Clustering. Deixe a infraestrutura do Exchange do tamanho correto e dimensione suas caixas de correio dinamicamente para dar suporte a cargas crescentes. 

(5:24)

Bill Pray, diretor de pesquisa do Gartner

Veja por que o diretor de pesquisas do Gartner, Bill Pray, considera que empresas devem virtualizar e-mail por padrão e quais benefícios podem ser obtidos assim que elas superarem as barreiras percebidas

Dobre o desempenho da infraestrutura do Exchange


O Microsoft Exchange 2007 e 2010 funcionam muito bem no VMware vSphere. Execute todas as funções de servidor do Exchange, incluindo o servidor de caixa de correio, no vSphere com confiança, não somente para igualar, mas ultrapassar o desempenho de servidores físicos. Cada máquina virtual do VMware vSphere pode ser dimensionada para 64 vCPUs e 1 TB de memória, podendo ser facilmente compatível com os requisitos de E/S intensa dos servidores de caixa de correio do Exchange. Com o VMware vSphere, várias caixas de correio podem ser dimensionadas em servidores maiores com vários núcleos para aumentar o throughput geral. Por exemplo, em um servidor de 16 núcleos, demonstramos que o VMware vSphere pode duplicar o throughput máximo alcançado com o Exchange 2007, de 8.000 para 16.000 caixas de correio do usuário final.

(4:34)

Como virtualizar o Exchange com VMware

Consolide a infraestrutura do Exchange de 5 a 10 vezes


A infraestrutura do Exchange normalmente pode ser consolidada de 5 a 10 vezes com o vSphere. Consolide várias funções de servidor do Exchange em servidores físicos compartilhados e elimine a necessidade de implantar hosts dedicados em espera para alta disponibilidade e recuperação de desastres. Reduza os custos diminuindo a quantidade de hardwares, o que também reduz os custos
com energia, refrigeração e gerenciamento.

Aprimore a alta disponibilidade e a recuperação de desastres do Exchange
 

Maximize a disponibilidade do Exchange sem a complexidade do Microsoft Clustering. Aproveite os serviços de aplicativos incorporados no vSphere para fornecer alta disponibilidade e recuperação de desastres simples e econômicas para todas as funções de servidor do Exchange sem a necessidade de servidores dedicados em espera. Simplifique a recuperação de desastres reduzindo as restrições de compatibilidade de hardware e o número de servidores físicos exigidos no site de recuperação.

Aproveite o suporte completo da Microsoft para o VMware vSphere

A Microsoft oferece suporte oficialmente ao VMware vSphere, vMotion, HA e DRS em ambientes virtualizados do Exchange. Execute o Windows Server e os aplicativos da Microsoft obterão 

suporte cooperativo da Microsoft e da VMware. Obtenha o mesmo nível de suporte recebido em servidores físicos.

DESEMPENHO

Suporte às maiores caixas de correio do Exchange
 

Aproveite os mais recentes avanços no desempenho do Exchange e do VMware vSphere para executar as maiores instâncias de servidor de caixa de correio com a confiança de que o desempenho será igual ou ultrapassará o desempenho do ambiente físico.

 

O desempenho e o dimensionamento do VMware vSphere melhoraram significativamente ao longo das versões mais recentes do produto. O vSphere consegue lidar com as mais exigentes cargas de trabalho, graças a melhorias como:

  • O dimensionamento da máquina virtual aumentou para 32 vCPUs e 1 TB de memória
  • O dimensionamento da IO de disco do VMware vSphere aumentou para mais de 100.000 IOPS, permitindo que o VMware ESX seja compatível com aplicativos com entrada/saída intensa, como Exchange e bancos de dados grandes
  • A E/S de rede do VMware vSphere aumentou para 36 Gbps

Atualmente, uma única VM com 32 vCPUs é maior do que as maiores configurações do Exchange 2010 recomendadas pela Microsoft para função única em um servidor (12 núcleos ou vCPUs) e várias funções em um servidor (24 núcleos ou vCPUs). Ao mesmo tempo, o Microsoft Exchange 2010 e 2007 incluem melhorias de desempenho e de arquitetura que reduzem de forma significativa os requisitos de IO em relação ao Exchange 2003: 

  • Aumento do cache de 900 MB para vários GB
  • Redução de E/S de disco de 70%
  • Proporção de leitura/gravação reduzida para 1:1

Juntas, essas melhorias de desempenho garantem que mesmo servidores de caixa de correio grandes e exigentes tenham bom desempenho no vSphere, sem nenhum gargalo de IO ou outros problemas. Como demonstrado em nossos laboratórios, o Exchange pode ser dimensionado horizontalmente de forma muito eficiente no vSphere (leia "Scale-Out Performance of Exchange 2010 Mailbox Server VMs" ["Desempenho de dimensionamento horizontal de VMs de servidor de caixa de correio do Exchange 2010"] no blog do vSphere) e pode ser dimensionado verticalmente para ser compatível com grandes caixas de correio (leia "Exchange 2010 scale-up performance" ["Desempenho de dimensionamento vertical no Exchange 2010" - em inglês] no blog do vSphere). 

 

"Os servidores de e-mail de produção corporativa, por padrão, devem ser implantados virtualizados."
 

Bill Pray, diretor de pesquisa do Gartner.
Leia mais no blog de Bill Pray

(1:56)

Exchange essencial aos negócios na plataforma VMware

Dobre o desempenho da infraestrutura do Exchange

Aumente o desempenho de sua infraestrutura física em 100% ou mais. Por exemplo, sem o VMware, uma única caixa de correio de 2-7 do Exchange em execução em um servidor físico pode ser dimensionada verticalmente até aproximadamente 8.000 caixas de correio de usuário pesadas. Usar servidores maiores não ajuda, pois a caixa de correio não pode aproveitar a capacidade adicional.

 

Com o VMware, as caixas de correio do Exchange podem ser dimensionadas horizontalmente em várias máquinas virtuais menores para maximizar o throughput do servidor físico. Usando essa abordagem, demonstramos que o Exchange pode ser dimensionado horizontalmente em 8 máquinas virtuais, cada com capacidade para 2.000 usuários de caixa de correio muito pesados, até 16.000 usuários em um servidor de 16 núcleos.

NUVEM PRIVADA

Garanta a disponibilidade sem a complexidade do Microsoft Clustering
 

Ofereça alta disponibilidade e recuperação de desastres simples e econômicas para todas as funções de servidor do Exchange com VMware Fault ToleranceVMware High AvailabilityvMotion e Site Recovery Manager. Elimine a necessidade de implantar as soluções complexas do Microsoft Clustering e de servidores dedicados em espera. Como alternativa, execute o Microsoft Clustering no vSphere e combine com as soluções de disponibilidade do vSphere para obter a melhor disponibilidade do setor. Elimine o tempo de inatividade planejado para a manutenção de hardware com o VMware vMotion. Com o vMotion, simplesmente mova suas máquinas virtuais do Exchange para outro host físico enquanto durar a manutenção, sem impacto na disponibilidade do serviço. 
 

Proteja todas as funções de servidor do Exchange contra falhas de hardware e problemas de sistema operacional com o VMware Fault Tolerance ou o VMware High Availability. Em caso de falha de hardware, o VMware FT garante disponibilidade contínua sem perda de dados, enquanto o VMware HA reinicia automaticamente as máquinas virtuais em outro host em questão de minutos. 
 

Implemente um plano de recuperação de desastres simples e automatizado com as soluções de recuperação de desastres da VMware e o Site Recovery Manager. Replique e recupere máquinas virtuais em um local secundário, incluindo todas as implantações do Exchange, sem precisar de um hardware dedicado em espera. 
 

Para ter disponibilidade contínua com suporte a aplicativos, combine o Microsoft Clustering com as soluções de disponibilidade da VMware para fornecer uma camada adicional de proteção e maximizar o tempo de atividade do sistema. 

(3:19)

Revlon: Vídeo de destaque de clientes

Dimensione dinamicamente o Exchange para garantir níveis de serviço
 

O dimensionamento da infraestrutura do Exchange leva a um compromisso difícil entre fornecer capacidade suficiente para atender às necessidades futuras e manter os custos de infraestrutura sob controle. Use o vSphere para deixar as máquinas virtuais no tamanho certo para as necessidades atuais, com a capacidade de dimensionar dinamicamente para oferecer suporte a cargas futuras. 

  • Comece com configurações de CPU e memória pequenas
  • Use o vCenter CapacityIQ para deixar a infraestrutura no tamanho ideal para as necessidades atuais.
  • Se a capacidade de um host se esgotar, o, VMware DRS disparará automaticamente o vMotion para que ele mova as máquinas virtuais do Exchange para outro host com os recursos adequados.
  • Se a capacidade de uma caixa de correio do Exchange se esgotar, use a adição dinâmica de CPU, memória ou disco para preservar os níveis de serviço.
     

Acelere o fornecimento de novos serviços de e-mail
 

O provisionamento de novos serviços de e-mail até a produção pode levar meses de tempo de implementação para adquirir e instalar hardware dedicado, provisionar e configurar o sistema operacional e finalmente configurar o aplicativo. Esse longo processo manual também está sujeito a erros e pode levar a erros de configuração e tempo de inatividade do serviço.

 

Com o vSphere, crie uma biblioteca de vApps que podem ser provisionados sob demanda para sua virtualização em minutos. Por exemplo, com appliances virtuais, reduza o tempo de implantação do BlackBerry Enterprise Server de semanas ou meses para minutos.

 

Teste e solucione problemas de aplicativos de e-mail complexos rapidamente, minimizando o risco de mudança. Use snapshots e clones do vCenter para reproduzir seu vApps no laboratório em minutos, encapsulando todos os aplicativos multicamadas. Teste as alterações nos aplicativos no contexto de camadas de aplicativos relacionados e em uma cópia exata de sua configuração de produção para minimizar o risco de erros. Elimine a necessidade de provisionar aplicativos manualmente para cada ciclo de teste. 

Aproveite o suporte completo da Microsoft
 

A Microsoft oferece suporte oficialmente aos produtos Windows Server e de servidores em execução no VMware ESX. Entre eles estão o Windows Server 2000 SP4, o Windows Server 2003 SP2 ou superior e o Windows Server 2008, e funções especiais fornecidas pelo sistema operacional, como o Active Directory ou File Services. Os principais aplicativos compatíveis são o Microsoft Exchange, o SQL Server e o SharePoint Server. A Microsoft publicou uma lista completa de aplicativos compatíveis, e continua a atualizá-la. As configurações de ESX compatíveis também estão listadas.

 

O VMware ESX foi o primeiro hypervisor validado pelo Programa de Validação de Virtualização da Microsoft, oferecendo aos clientes que executam o Windows Server e aplicativos da Microsoft um suporte cooperativo da Microsoft e da VMware. Os clientes agora podem executar o Exchange na plataforma VMware com a tranquilidade de saber que receberão o suporte necessário. 

 

A Microsoft adota o licenciamento compatível com o vMotion
 

O licenciamento da Microsoft foi modificado recentemente para permitir que os clientes reatribuam licenças entre servidores físicos com a frequência desejada. No passado, as licenças podiam ser reatribuídas apenas uma vez a cada 90 dias, limitando os benefícios do vMotion. A nova flexibilidade no licenciamento permite o uso eficiente do vMotion para Windows Server e aplicativos importantes como Exchange, SQL Server e SharePoint Server. 

 

Configurações SVVP não validadas
 

O que acontecerá se você estiver executando uma configuração SVVP não validada de produtos ESX e Microsoft? Com frequência, os clientes nos dizem que ainda recebem os benefícios do suporte da Microsoft. No entanto, as opções de suporte variam, dependendo de como os clientes adquirem os produtos da Microsoft e da VMware.

 

Os cenários a seguir são comuns:

Cenário 1: o software da VMware foi adquirido originalmente por meio de um servidor OEM

 

Os revendedores de servidores, incluindo Dell, Fujitsu, Fujitsu-Siemens, HP, IBM e Unisys, oferecem suporte completo a softwares da Microsoft em execução em seus servidores e a softwares da VMware se os produtos da VMware tiverem sido comprados com o hardware do servidor e estiverem cobertos por um contrato de suporte válido com o revendedor do servidor. Isso fornece aos clientes suporte em um único local pelo revendedor do servidor, caso surja um problema. Para obter mais detalhes, consulte o suporte para softwares da Microsoft nas máquinas virtuais da VMware

Cenário 2: o software da VMware foi adquirido originalmente direto com a VMware ou com um revendedor autorizado da VMware e o cliente tem um contrato de suporte de nível Premier da Microsoft 

 

A Microsoft informa que aplicará "esforços comercialmente razoáveis" para oferecer suporte a seus produtos executados em máquinas virtuais da VMware. Os clientes nos dizem com frequência que os esforços comercialmente razoáveis da Microsoft são eficazes e adequados para manter as operações como planejado. Pode haver confusão nas organizações de canal e campo da Microsoft quanto ao alcance do suporte que pode ser fornecido e, em alguns casos, os clientes podem observar que esses "esforços comercialmente razoáveis" não atendem às suas expectativas. Em geral, a Microsoft oferece a seus grandes clientes excelente suporte para os seus produtos em execução na plataforma VMware. A política da Microsoft afirma que, após esses esforços terem sido esgotados, os especialistas de suporte da Microsoft podem solicitar que os clientes repliquem o problema em uma máquina física para prosseguir com a investigação. Consulte o artigo 897615 da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft para obter mais detalhes. 

Cenário 3: o software da VMware foi adquirido originalmente direto com a VMware ou com um revendedor autorizado da VMware e o cliente não tem um contrato de suporte de nível Premier da Microsoft

 

O nível de suporte da Microsoft para esses clientes pode ser mais restrito. Antes de fornecer suporte, os especialistas da Microsoft podem solicitar que os clientes primeiro repliquem o problema em uma máquina física, conforme o artigo 897615 da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft

SERVIÇOS DE PARCEIROS

Comunidade de parceiros para a virtualização do Exchange
 

a Virtualização do Exchange pode ser muito simples. Muitos clientes da VMware simplesmente implantam o Exchange no vSphere, exatamente como eles implantariam o Exchange em uma infraestrutura física. Mas o vSphere também oferece muitas novas opções e recursos que permitem que a execução do Exchange seja melhor. Por exemplo, os clientes podem aproveitar o VMware High Availability como uma alternativa ou um complemento do Microsoft Clustering, e os servidores de caixa de correio podem ser dimensionados horizontalmente em máquinas virtuais menores e mais eficientes.
 

Muitos clientes procuram a VMware para obter assistência especializada na otimização de seu ambiente Exchange no vSphere. Para responder a essa demanda, a VMware criou uma comunidade de parceiros que são treinados em soluções VMware para a virtualização do Exchange. A VMware trabalha em estreita colaboração com essa comunidade para desenvolver práticas recomendadas e implementá-las em projetos de clientes. A comunidade de parceiros tem conhecimento exclusivo para ajudar você a otimizar seu ambiente Exchange no vSphere – desde a concepção inicial até a implementação completa no ambiente de produção. 

RECURSOS