O gerenciamento de aprovisionamento e de configuração dos serviços e dos aplicativos de TI é normalmente uma tarefa manual, lenta, inconsistente e sujeita a erros. Isso pode resultar em gargalos operacionais e de segurança críticos para os negócios e coloca uma organização em desvantagem competitiva. Esses desafios estendem-se à rede e à segurança, os últimos pilares principais do data center sem recursos de automação que corrigem realmente as deficiências das abordagens legadas.

O VMware NSX é a plataforma de virtualização de rede que permite a automação dos serviços de rede e segurança. O NSX fornece aos departamentos de TI velocidade e segurança por meio de padronização e consistência.

O NSX automatiza as operações de rede e elimina os gargalos associados às redes baseadas em hardware.

Casos de usuário para automação

TI automatizando a TI

A automação permite a implantação rápida, segura e automática de aplicativos e serviços quando e onde eles forem necessários entre os limites organizacionais e geográficos, agregando valor aos negócios não em dias, semanas ou meses, mas em minutos.

Infraestrutura multilocatária

A automação possibilita que as organizações aprovisionem e forneçam serviços de rede e segurança a vários locatários em uma infraestrutura compartilhada, permitindo maior utilização dos ativos e redução no total dos custos de infraestrutura.

Nuvem do desenvolvedor

A automação permite que os desenvolvedores utilizem uma API unificada para serviços de rede e segurança sob demanda. Desse modo, a TI agrega mais valor aos negócios, sem a constante necessidade do envolvimento prático. E as organizações podem manter ambientes paralelos e seguros de desenvolvimento, teste e produção em uma infraestrutura comum.

Histórias de clientes

(2:41)

 

Automação e simplificação das operações de TI

A Exostar reduziu significativamente o tempo usado para aprovisionar e gerenciar novos serviços de rede e segurança durante a operação de um ambiente de nuvem multilocatário, sem sacrificar a segurança.

 

“Conseguimos melhorar a visibilidade geral de nossa infraestrutura, simplificar processos e reduzir despesas movendo a infraestrutura definida por software para os serviços de rede e segurança. Não conseguimos alcançar esses resultados com uma abordagem tradicional definida por hardware.”

— Raj Dasgupta, diretor de TI na Exostar