Visão geral

VMware DRS para gerenciar cargas de trabalho

Definir o VMware DRS para gerenciar cargas de trabalho

Agrupe hosts VMware ESXi em clusters de recursos para segregar as necessidades de processamento de diferentes unidades de negócios. Os clusters do VMware vSphere permitem:

 

  • Oferecer recursos altamente disponíveis às suas cargas de trabalho.
  • Equilibrar as cargas de trabalho para desempenho ideal.
  • Dimensionar e gerenciar os recursos de processamento sem interrupção do serviço.

Recursos

Capacidade equilibrada

Equilibrar a capacidade de processamento por cluster para oferecer desempenho otimizado a hosts e máquinas virtuais. O VMware vSphere Distributed Resource Scheduler (DRS) é um recurso integrado ao vSphere Enterprise Plus. Com o DRS, você pode:

 

  • Melhorar os níveis de serviço garantindo recursos adequados às máquinas virtuais.
  • Implantar nova capacidade em um cluster sem interrupção do serviço.
  • Migrar automaticamente as máquinas virtuais durante a manutenção, sem interrupção do serviço.
  • Monitorar e gerenciar mais infraestrutura por administrador de sistema.

Consumo de energia reduzido

Otimize o consumo de energia dinamicamente em um cluster do vSphere com o VMware vSphere Distributed Power Management (DPM, pela sigla em inglês), que também faz parte das edições vSphere Enterprise Plus e vSphere with Operation Management Enterprise Plus. Quando a demanda por recursos é baixa, o DPM coloca os hosts no modo standby e, quando a demanda é alta, o DPM liga hosts suficientes para gerenciar essa demanda e manter seus serviços disponíveis. O gerenciamento dinâmico de energia com o DPM permite a você:

 

  • Reduzir os custos de energia e resfriamento em até 20% durante os períodos de baixa utilização.
  • Automatizar o gerenciamento de energia em seu data center com mais eficiência.

Posicionamento inicial de cargas de trabalho

Quando você liga uma máquina virtual em um cluster, o DRS a coloca em um host adequado ou gera uma recomendação, dependendo do nível de automação escolhido. Os níveis de automação, também conhecidos como limites de migração, variam de conservador a arrojado. O VMware vCenter aplica apenas recomendações que atendem às restrições do cluster, como regras de afinidade de host ou manutenção. Ele aplica as recomendações do DRS, que podem oferecer até mesmo uma ligeira melhoria no balanceamento de carga geral do cluster. O DRS oferece cinco níveis de automação para atender às suas necessidades por cluster.

Balanceamento de carga automatizado

O DRS distribui as cargas de trabalho da máquina virtual pelos hosts do vSphere em um cluster e monitora os recursos disponíveis para você. Com base no nível de automação, o DRS migrará (VMware vSphere vMotion) máquinas virtuais para outros hosts no cluster para maximizar o desempenho.

 

Consumo de energia otimizado

Assim como o DRS, o recurso Distributed Power Management do vSphere otimiza o consumo de energia no nível do cluster e do host. Quando você habilita o DPM, ele compara a capacidade no nível do cluster e do host com a demanda da máquina virtual, incluindo a demanda histórica recente, e coloca os hosts no modo standby. Se as demandas de capacidade aumentarem, o DPM ligará os hosts em standby para absorver a carga de trabalho adicional. Você também pode definir o DPM para emitir recomendações, mas sem realizar qualquer ação.

Manutenção de cluster

O DRS acelera o processo de correção do VMware vSphere Update Manager ao determinar o número ideal de hosts que podem entrar no modo de manutenção simultaneamente, com base nas condições e demandas atuais do cluster.

Correção de restrição

O DRS redistribui as máquinas virtuais entre os hosts do cluster do vSphere para cumprir as regras de afinidade e antiafinidade definidas pelo usuário após falhas no host ou durante operações de manutenção.