Melhor desempenho dos aplicativos e experiência uniforme de nuvem híbrida

VMware vSphere: principais casos de uso

Maior desempenho e disponibilidade dos aplicativos

Execute aplicativos em qualquer dispositivo, em qualquer nuvem.

Execute aplicativos tradicionais e modernos com o desempenho e a disponibilidade necessários para aumentar a produtividade dos negócios. Ofereça desempenho excepcional para uma variedade de cargas de trabalho, aproveitando as vantagens das inovações de hardware mais recentes do setor. Com o vSphere, você pode fazer upgrade do desempenho com funções que permitem equilibrar as cargas de trabalho para obtenção do desempenho ideal e priorizar o acesso aos recursos dos aplicativos de camada 1. Aumente a eficiência operacional por meio do gerenciamento centralizado e da automação das tarefas de rotina. Aprovisione e implante rapidamente cargas de trabalho em seu ambiente virtual. Configure seus servidores e os switches virtuais uma vez e aplique as configurações ao ambiente virtual inteiro. Elimine o tempo de inatividade migrando as cargas de trabalho em tempo real não apenas entre os servidores, mas também entre clusters, nuvens e em longas distâncias.

Experiência uniforme de nuvem híbrida

Experiência uniforme de nuvem híbrida

Execute, gerencie, conecte e proteja aplicativos em um ambiente operacional comum na nuvem híbrida.

Com a rápida adoção de nuvens públicas com base no vSphere por meio dos parceiros do Programa VMware Cloud Provider, do VMware Cloud on AWS e de outros provedores de nuvem pública, a VMware compromete-se em proporcionar uma experiência uniforme de nuvem híbrida aos clientes. O vSphere 6.7 proporciona novas funções importantes para facilitar a visibilidade, a migração e o gerenciamento de cargas de trabalho entre o ambiente local e o VMware Cloud on AWS, o que garante uma experiência uniforme de nuvem híbrida. O vSphere dispõe de novas funções que oferecem visibilidade unificada e gerenciamento em toda a sua nuvem híbrida. Migre e aprovisione de maneira uniforme suas VMs entre os data centers locais e o VMware Cloud on AWS. Com o vSphere, você pode adotar facilmente as novas funções de nuvem pública sem interromper nem sobrecarregar os ambientes locais.

Gerenciamento de rede centralizado

Aprovisione, administre e monitore as redes virtuais em vários hosts e clusters de uma interface centralizada. O vSphere Distributed Switch oferece funções avançadas de monitoramento e de solução de problemas, incluindo reversão e recuperação para a aplicação de patches e a atualização da configuração de rede, além de templates para permitir o backup e a restauração das configurações da rede virtual.

Balanceamento de carga

Separe as necessidades de processamento de diferentes unidades de negócios agrupando hosts ESXi em clusters de recursos e balanceando cargas de trabalho por cluster com o Distributed Resource Scheduler.  Você pode implantar nova capacidade em um cluster e migrar máquinas virtuais automaticamente durante a manutenção, sem interromper o serviço. Otimize o consumo de energia e reduza os custos de energia e de refrigeração em até 20% durante os períodos de baixa utilização, colocando os hosts automaticamente em modo de espera durante os períodos de pouco uso e ligando-os novamente quando necessário com o Distributed Power Management.
vSphere with Operation Management

Garanta o desempenho com o balanceamento de carga preditivo

vSphere Fault Tolerance

Elimine o tempo de inatividade em aplicativos essenciais para a operação

Obtenha disponibilidade contínua para aplicativos (com até 4 CPUs virtuais) em caso de falhas do servidor por meio do vSphere Fault Tolerance (FT, pela sigla em inglês). Ele cria a instância de sombra de uma VM que se mantém sempre atualizada com a VM principal. Se houver interrupção de hardware, o vSphere FT acionará automaticamente o failover e criará uma nova máquina secundária para proporcionar proteção contínua ao aplicativo. O FT é compatível com todos os tipos de armazenamento compartilhado e todos os sistemas operacionais compatíveis com o vSphere. 

Priorização de recursos para máquinas virtuais

Priorização de recursos para máquinas virtuais

O vSphere Network I/O Control (NIOC) e o vSphere Storage I/O Control (SIOC) monitoram a rede e o armazenamento e transferem automaticamente recursos para seus aplicativos de alta prioridade, de acordo com as regras e políticas configuradas.  Ele estende as estruturas já conhecidas de compartilhamentos e limites, existentes para CPU e memória, para lidar com o uso de armazenamento ou rede por meio de uma alocação dinâmica da capacidade de I/O em um cluster de hosts do vSphere.  Aumenta a produtividade do administrador reduzindo o gerenciamento ativo de desempenho.

Implantação e aprovisionamento rápidos

Os perfis de host, que armazenam as definições de configuração compartilhadas pelos hosts do vSphere, podem ser anexados a um ou mais hosts/clusters do vSphere. A configuração do host é comparada ao perfil de host e todos os desvios de configuração são informados para que possam ser corrigidos automaticamente. Os administradores podem criar um perfil e usá-lo para vários hosts vSphere, eliminando a necessidade de contar com scripts especializados ou configurações manuais. Quando forem necessárias alterações nas configurações de segurança, rede ou armazenamento em vários hosts de um cluster, os administradores poderão editar o perfil do host e aplicá-lo ao cluster
NVIDIA GRID® vGPU

Gráficos acelerados para máquinas virtuais

A NVIDIA GRID® vGPU oferece desempenho gráfico excepcional para desktops virtuais, equivalente aos PCs locais durante o compartilhamento de uma GPU entre vários usuários. A GRID vGPU é a tecnologia mais avançada do setor para compartilhar uma aceleração de hardware de GPU real entre vários desktops virtuais, sem comprometer a experiência de gráficos. Os recursos e a compatibilidade dos aplicativos são exatamente iguais aos de desktops comuns. Com a tecnologia de GRID vGPU, os comandos gráficos de cada máquina virtual são transferidos​diretamente para a GPU sem conversão pelo hypervisor. Isso permite que o hardware da GPU seja dividido por tempo para proporcionar o máximo em desempenho de gráficos virtualizados compartilhados.

vSphere Persistent Memory

Maximize o desempenho dos aplicativos

Melhore o desempenho dos aplicativos com o vSphere Persistent Memory. Com esse recurso, os administradores de TI podem expor a memória persistente como armazenamento ultrarrápido com alto IOPS ou podem expô-la ao sistema operacional guest como memória não volátil. Isso melhora muito o desempenho do sistema operacional e do aplicativo em uma variedade de casos de uso. Os aplicativos existentes são executados de modo mais rápido, e as empresas podem dar suporte a novos casos de uso, como aprendizado de máquina e cargas de trabalho de inteligência artificial.

Execute cargas de trabalho em contêineres

O vSphere garante uma maneira fácil de implantar aplicativos nativos de nuvem em produção, oferecendo as funções principais do vSphere para as equipes e acesso à portabilidade, agilidade e velocidade dos contêineres para os desenvolvedores, sem interromper os fluxos de trabalho existentes.
Cargas de trabalho em contêineres

Gerencie facilmente cargas de trabalho em contêineres

Execute cargas de trabalho em contêineres

Execute cargas de trabalho em contêineres

Migração em tempo real de cargas de trabalho

O vSphere vMotion permite transferir uma máquina virtual inteira em execução de um servidor físico para outro, sem tempo de inatividade. A máquina virtual mantém a identidade e as conexões de rede, garantindo um processo de migração uniforme. Transfira a memória ativa e o estado de execução preciso da máquina virtual utilizando uma rede de alta velocidade. Assim, a máquina virtual deixará de ser executada no host do vSphere de origem e passará a ser executada no host do vSphere de destino. Todo esse processo leva menos de dois segundos em uma rede Gigabit Ethernet.  É possível usar esse recurso em switches virtuais, vCenter Servers e até mesmo a longas distâncias.

Proteja as cargas de trabalho de modo proativo

O uso de hardware de alta prioridade emite alertas para remover de modo proativo as cargas de trabalho dos servidores que apresentam sinais de possíveis falhas de host. O hardware notificará o vSphere sobre possíveis problemas e informará as etapas de correção. Com base nas configurações da política do usuário, o DRS responderá usando o vMotion para transferir as máquinas virtuais do servidor de alerta para os servidores seguros e colocar o servidor problemático no modo de manutenção.