O que são as técnicas de análise de rede - Glossário da VMware | BR

O que são as técnicas de análise de rede?

 

As técnicas de análise de rede abrangem principalmente as transmissões de pacotes de dados, enviados e recebidos pelos dispositivos de 3ª camada que operam sob o modelo de Open Systems Interconnection (OSI) estabelecido pela Organização Internacional de Normalização (ISO). Os dispositivos da 2ª camada representam a camada de enlace de dados governada por comutadores. Já os dispositivos da 4ª camada estão relacionados aos padrões TCP associados aos servidores da Web. No entanto, os dispositivos da 3ª camada lidam especificamente com as transmissões de pacotes de dados de E/S enviados e recebidos por meio de dispositivos de roteamento. A virtualização gera padrões de sistema de redes definido por software (SDN) e data center definido por software (SDDC) nos quais a funcionalidade da 3ª camada é estabelecida pelo software e não pelos dispositivos físicos. Isso gera uma gama mais ampla de potencial para orquestração de data center na nuvem por meio de recursos de hardware "bare metal". Na prática contemporânea, o software de técnicas de análise de rede integra informações dos dispositivos da 2ª-4ª camadas simultaneamente graças à expansão do ecossistema e à introdução de novos padrões de tecnologia de comutador, roteador e appliance de firewall. Esse detalhamento é expandido ainda mais por meio da virtualização, o que leva a uma maior capacidade de criação de scripts e automatização dos processos do data center em todas as camadas da rede de serviços com base nas técnicas de análise de pacotes de dados de streaming em tempo real.

Técnicas de análise de rede

Nosso laboratório NSX for vSphere oferece experiência prática em apenas 30 minutos, sem necessidade de instalação.

Experimente o laboratório gratuito 

As técnicas de análise de rede podem ser categorizadas por abordagens históricas de registro e leitura dos dados das operações que são apresentados em logs, relatórios ou gráficos por software utilitário. Esses relatórios fornecem aos administradores modelos por hora, dia, mês e ano dos eventos que ocorrem em uma rede específica ou podem ser baseados na atividade do usuário e do dispositivo do endpoint. Os endereços IP são os principais componentes da atividade de rede da 3ª camada, que ocorre por meio de roteadores que controlam as transmissões de pacotes de dados entre os endpoints com base na atividade de solicitação do usuário. A maioria das técnicas de análise de rede refatora os dados disponíveis por meio do monitoramento dos processos da 3ª camada, historicamente, filtrando informações em padrões de uso ou destacando os dados para expor eventos anormais. Os funcionários podem acessar as técnicas de análise de rede e visualizar o fluxo de dados dos pacotes em toda a arquitetura em nuvem e em tempo real, graças ao aumento da potência do hardware de servidor Web atual e à expansão do software do ecossistema no setor de gerenciamento de data center. As técnicas de aprendizado de máquina (ML) estão sendo cada vez mais usadas como componente fundamental para as técnicas de análise de rede, possibilitando melhor automação de processos na produção industrial, telecomunicações, comércio eletrônico e publicação multimídia.

 

Quais problemas são resolvidos pelas técnicas de análise de rede?

  • Previsão: técnicas de análise preditivas. Os administradores de rede procuram monitorar os padrões de uso ao longo do tempo para estimar as necessidades institucionais relacionadas a largura de banda, hardware ou outros serviços.
  • Segurança automatizada: permite a varredura em tempo real das transmissões de pacotes de dados de E/S usando Inteligência artificial (IA) e ML para combinar solicitações recebidas com explorações conhecidas de segurança, contra vírus ou malwares. Com alguns tipos de proteção contra hackers e quebra de senha, o recurso de segurança automatizada pode fazer o bloqueio automático por IP dos usuários que enviam repetidamente solicitações incorretas para a rede. Na verificação automatizada contra vírus, malwares, worms e ransomware, é possível detectar e colocar ameaças em quarentena sem a necessidade de intervenção humana. A verificação automatizada antivírus e de segurança são itens importantes das técnicas de análise de rede nos data centers com milhões de VMs e contêineres em execução em paralelo.
  • Diagnóstico: quando surgem problemas na rede devido a congestionamentos, atividades incorretas do usuário, ameaças à segurança ou falha do dispositivo, os administradores de sistemas precisam diagnosticar cada situação para localizar e reparar o problema. As técnicas de análise de rede incluem verificações de integridade das operações do data center que orientam os administradores sobre o status operacional de seus recursos conectados. Com uma infraestrutura centrada nos aplicativos, os administradores ampliam os diagnósticos de rede com maior detalhamento para monitorar os processos de software em execução. Os administradores usam a telemetria de streaming para otimizar as transmissões de pacotes de dados para aplicativos, dispositivos ou usuários específicos em uma rede de acordo com o endereço IP por meio do roteamento preferencial e appliances de hub. Eles também aplicam técnicas de análise de rede a dispositivos de IoT por meio de servidores de borda em escala para oferecer suporte a produtos de varejo com requisitos de resposta automatizados e upgrades contínuos de firmware.
  • Alocação de recursos: instituições complexas dependem de técnicas de análise de rede para que os administradores possam estimar com precisão a necessidade de comutadores, roteadores, hubs e largura de banda nas operações diárias ou unidades de fabricação.
  • Técnicas de análise de rede: usadas para fornecer aos administradores uma visão geral do histórico de atividades ou em tempo real na arquitetura da nuvem.

 

Benefícios das técnicas de análise de rede

  • Otimização dos processos de negócios: quando combinadas com o gerenciamento corporativo e com as compras, as técnicas de análise de rede geram otimização de processos de negócios com maior segurança e eficiência nas operações de TI.
  • Mais precisão no monitoramento de desempenho: as técnicas de análise de rede fornecem ferramentas de monitoramento de desempenho para administradores, incluindo padrões do histórico de uso que permitem prever melhor as necessidades futuras de infraestrutura para os requisitos do data center.
  • Segurança aprimorada: as técnicas de análise de rede aprimoram muito a segurança dos recursos da nuvem e dos dispositivos conectados, permitindo a verificação em tempo real das transmissões de pacotes de dados. O tamanho do consumo de recursos de pacotes de dados de E/S por endereço IP pode ser registrado para detectar automaticamente os picos de atividade e identificar mais rapidamente invasores, malwares e dispositivos infectados.
  • Detecção rápida de ameaças à segurança: as técnicas de análise de rede aprimoram a velocidade de detecção de ameaças à segurança, e isso é um fator importante na prevenção da disseminação de ataques de hackers na infraestrutura corporativa. A capacidade de exibir o status do dispositivo conectado por meio dos dados de filtragem SNMP e Instrumentação de Gerenciamento do Windows (WMI) pode fornecer aos administradores e sistemas de defesa de segurança meios mais abrangentes de diagnosticar problemas de rede, encurtando o tempo necessário para reparos.
  • Rastreamento de KPI: o KPI Workflow Manager da VMware analisa os indicadores-chave de desempenho (KPIs) e os apresenta aos administradores em um painel de gerenciamento de rede unificado, simplificando o processo de geração de relatórios e alertas para redes em nuvem complexas baseadas em VMs. O rastreamento de KPI é uma ferramenta poderosa para o setor, com aplicativos nas áreas de finanças, mídia em massa, fabricação, assistência médica e telecomunicações que podem ser personalizados para maiores níveis de automação de data center em escala.
  • Aplicação de técnicas de análise de streaming em tempo real a requisitos de "Big Data": o VMware Smart Experience é uma ferramenta de técnicas de análise de rede que inclui o KPI Workflow Designer e Manager, juntamente com uma série de plugins específicos de telecomunicações para informações do histórico e em tempo real sobre dados de pacotes que operam em ampla escala. As empresas podem aplicar técnicas de análise de streaming em tempo real aos requisitos de "Big Data" e usar o endereço IP para aprimorar o marketing baseado em localização internacional ou aprimorar a proteção contra fraudes nas transações financeiras. A integração com IA e aprendizado de máquina pode ser usada para gerar uma modelagem de conteúdo reativa com base em mecanismos de previsão, criando uma experiência do cliente única nos aplicativos de comércio eletrônico, com suporte personalizado à marca e recomendações de produtos/mídia.

 

Técnicas de análise de rede: casos de uso

As técnicas de análise de rede são fundamentais para a orquestração em nuvem em todas as variedades de casos de uso, mas se tornam algo particularmente importante, pois permitem a implementação da próxima geração de aplicativos de data center que podem ser automatizados com código personalizado para requisitos específicos do setor.

 

As empresas de telecomunicações podem implementar técnicas de análise de rede na maior escala de tráfego do usuário ao gerenciar comunicações móveis ou conexões de banda larga para os clientes. O VMware Smart Experience oferece ferramentas pré-codificadas e prontas para uso a empresas transportadoras com relação à anonimização de usuários, perfis de assinantes e otimização do tráfego de torres de celular. Essas ferramentas também são usadas por empresas de petróleo e gás, em escala, no monitoramento de dispositivos de IoT remotos que regulam as tubulações, a perfuração e as instalações de reservatórios. As empresas de fabricação industrial dos setores automotivo e de alta tecnologia fazem uso mais extensivo das técnicas de análise de dados de streaming na criação de redes de veículos autônomos e nas diretrizes de IA/ML para navegação de veículos autônomos. As técnicas de análise de dados de streaming são um recurso que está abrindo novos casos de uso de inovação em todos os setores da indústria, com base em aplicativos de "Big Data", Inteligência Artificial (AI) e Aprendizado de Máquina (ML).

 

Na hospedagem na nuvem e nas redes corporativas, as técnicas de análise em tempo real e os relatórios históricos são ferramentas fundamentais para manter a integridade dos sistemas, a segurança dos dados e a otimização da velocidade de transferência de E/S entre os dispositivos conectados. Os provedores de plataforma podem identificar, isolar e colocar em quarentena rapidamente os malwares, vírus ou worms invasores usando a verificação de pacotes em tempo real para identificar ameaças. Os dispositivos infectados podem ser detectados mais rapidamente por meio de análises de KPI, relatórios e alertas de segurança. Poder configurar regras de firewall da 3ª camada dá aos administradores de rede a opção de definir restrições com base no protocolo, endereço IP de origem ou destino e portas. Essas regras são aplicadas por meio de técnicas de análise de pacotes de dados em tempo real no nível do dispositivo. A virtualização amplia o detalhamento de controle ao nível da VM por meio da funcionalidade de roteamento SDN, do firewall distribuído NSX e das técnicas de análise de dados de streaming com o Smart Experience. Os mapas da infraestrutura virtual melhoram a capacidade de detecção de dispositivos conectados para otimização de recursos de rede e podem ser usados para criar planos de DR para a continuidade dos requisitos de serviço.

 

Para técnicas de análise de rede unificadas em um data center inteiro, o VMware Workspace fornece uma plataforma inteligente abrangente. O Workspace ONE Intelligence inclui técnicas de análise preditivas, além da capacidade de automatizar scripts para segurança na administração da rede, com detalhamento de alto nível das regras e filtros que se estendem ao dispositivo ou VM por meio de opções de roteamento SDN e endereços IP. O Workspace ONE Intelligence da VMware se integra a uma ampla variedade de plugins terceirizados de empresas de desenvolvimento de software na nuvem com o objetivo de atender a nichos de mercado ou necessidades específicas de segurança. O conjunto também pode gerar relatórios para administradores de sistemas que validam a conformidade com os regulamentos internacionais de auditoria e segurança de dados. Um dos principais motivos pelos quais empresas de todos os portes escolhem soluções de data center definido por software (SDDC) refere-se às técnicas de análise de dados de streaming mais detalhadas e avançadas disponíveis por meio do monitoramento em tempo real em ambientes virtualizados. O vRealize Log Insight cria métricas estruturadas com análise de KPI para inteligência de negócios, diagnóstico de rede e previsão que tornam o gerenciamento de rede em nuvem mais eficiente.

Produtos, soluções e recursos relacionados a técnicas de análise de rede da VMware

VMware NSX Data Center

Possibilite que seu Virtual Cloud Network se conecte e proteja os aplicativos em sua infraestrutura de data center, multi-cloud, bare metal e contêiner.

VMware vRealize Operations

O VMware vRealize Operations oferece gerenciamento de operações automáticas de TI, dos aplicativos à infraestrutura, a fim de proporcionar otimização, planejamento e dimensionamento das implantações de HCI e de nuvem híbrida e unificar o monitoramento multi-cloud.

Virtualização do VMware Server

A virtualização é uma tecnologia de software reconhecida que possibilita a execução de vários sistemas operacionais e aplicativos simultaneamente no mesmo servidor.

O que é Big Data?

O aumento do volume do Big Data é enorme e está vindo de todos os lugares, a cada segundo do dia. Sistemas e dispositivos, incluindo computadores, smartphones, appliances e equipamentos geram e aumentam os enormes conjuntos de dados existentes.

VMware NSX Cloud

Ofereça redes e segurança consistentes para os seus aplicativos em execução nativa em nuvens públicas usando o NSX Cloud. Esqueça os silos de infraestrutura que aumentam a complexidade e as despesas operacionais: agora, você conta com políticas de segurança globais e controle preciso em redes virtuais, regiões e nuvens.