O que é nuvem privada?

 

A nuvem privada é um modelo de implantação em nuvem sob demanda em que os serviços e a infraestrutura de computação em nuvem são hospedados de maneira privada, geralmente na própria intranet ou data center de uma empresa, por meio de recursos proprietários que não são compartilhados com outras organizações. A empresa geralmente supervisiona o gerenciamento, a manutenção e a operação da nuvem privada. Uma nuvem privada oferece à empresa mais controle e segurança do que uma nuvem pública, mas seu gerenciamento exige um nível mais alto de conhecimento em TI.

 

Em geral, a computação em nuvem permite que as organizações migrem a capacidade de processamento, o armazenamento de dados e outros serviços dos servidores locais para os servidores remotos que os funcionários ou os clientes podem acessar pela Internet. Uma empresa que deseja usar serviços de computação em nuvem pode escolher entre uma nuvem privada (em que os serviços de computação em nuvem são exclusivos da empresa) e uma nuvem pública (em que os serviços de computação em nuvem pertencem a um provedor e são gerenciados por ele, que também hospeda outros locatários), ou uma combinação das duas, a chamada nuvem híbrida.

Como funciona a nuvem privada?

Assim como outros tipos de ambientes de nuvem, uma nuvem privada usa tecnologia de virtualização para combinar recursos de computação em pools compartilhados e aprovisioná-los automaticamente, dependendo das necessidades da organização. Isso permite que uma empresa dimensione e maximize o uso de recursos. A diferença é que, em uma nuvem privada, esses recursos de computação são exclusivos de uma única organização e não são compartilhados com outros locatários. Os usuários podem obter acesso à nuvem privada pela intranet da empresa ou por uma rede virtual privada (VPN, pela sigla em inglês).

 

Por que considerar a nuvem privada?

Como o proprietário de uma nuvem privada mantém o controle total, as organizações podem garantir mais segurança e também aproveitar o benefício de uma disponibilidade melhor e de mais tempo de atividade do que a nuvem pública é capaz de oferecer.

 

Veja a seguir alguns exemplos em que uma organização pode se beneficiar com o uso de uma nuvem privada:

  • Necessidades específicas de segurança ou conformidade: para organizações sujeitas a requisitos de conformidade normativa, talvez seja necessária a adoção de uma nuvem privada para fins de conformidade. Da mesma forma, uma organização pode optar pelo uso de uma nuvem privada para armazenar dados confidenciais, a fim de manter maior controle sobre a segurança.
  • Conhecimento técnico: a execução de uma nuvem privada requer um nível mais alto de conhecimento e investimento técnicos para gerenciar a complexidade adicional que seria tratada pelo provedor de nuvem em um modelo de nuvem pública. As empresas que confiam em suas habilidades técnicas estão bem posicionadas para aproveitar a nuvem privada.
  • Necessidades previsíveis de recursos: um dos principais benefícios da nuvem pública é a elasticidade, ou seja, a capacidade de dimensionar recursos vertical e horizontalmente com rapidez, de acordo com a necessidade. No entanto, algumas organizações não precisam dessa elasticidade porque seu uso é relativamente consistente. Para essas organizações, a nuvem privada pode ser uma opção melhor.

 

Qual é a diferença entre nuvem pública e nuvem privada?

A nuvem privada é um modelo de implantação em nuvem no qual os recursos de computação são dedicados e proprietários, e uma única organização hospeda e gerencia o sistema. A nuvem pública é um modelo em que os serviços de computação em nuvem pertencem a um provedor e são gerenciados por ele, que também hospeda outros locatários. As empresas podem combinar uma nuvem privada com uma nuvem pública em um ambiente de nuvem híbrida.

 

Tipos de nuvem privada

Existem diferentes tipos de nuvem privada que oferecem serviços distintos. Por exemplo, quando uma empresa usa uma nuvem privada para infraestrutura como serviço (IaaS, pela sigla em inglês), a nuvem pode hospedar armazenamento, rede ou serviços de computação. As nuvens privadas também oferecem suporte a aplicativos de plataforma como serviço (PaaS, pela sigla em inglês) que funcionam como aplicativos de software convencionais hospedados em um computador local.

 

Há também vários tipos de opções de hospedagem em nuvem privada. Dentre eles estão as plataformas apenas de software, os pacotes combinados de software e hardware e as nuvens privadas hospedadas ou gerenciadas. Os termos "hospedado" ou "gerenciado" significam que o servidor da nuvem privada pode residir no ambiente local do cliente ou no data center de um fornecedor, mas é hospedado e, às vezes, gerenciado por um fornecedor. Alguns provedores de serviços de nuvem pública também oferecem nuvens virtuais privadas, que criam ambientes pequenos e isolados para usuários específicos.

  • Nuvem virtual privada: é diferente da nuvem privada convencional, pois os recursos em uma nuvem virtual privada residem em uma área protegida de uma nuvem pública, em vez de serem hospedados no local.
  • Nuvem privada hospedada: é hospedada por um provedor de serviços de nuvem separado no local ou em um data center, mas o servidor não é compartilhado com outras organizações. O provedor de serviços de nuvem é responsável por configurar a rede e manter o hardware da nuvem privada, além de manter o software atualizado. Essa opção é o melhor dos dois mundos para as organizações que precisam da segurança e da disponibilidade de uma nuvem privada, mas preferem não investir em um data center interno.
  • Nuvem privada gerenciada: com este tipo de nuvem privada, um provedor de serviços de nuvem não apenas hospeda uma nuvem privada para uma organização, mas também gerencia e monitora as operações diárias dessa nuvem privada. O provedor de serviços de nuvem também pode implantar e atualizar serviços adicionais com base em nuvem, como armazenamento e gerenciamento de identidades ou auditorias de segurança. Um servidor de nuvem privada gerenciada pode economizar tempo e recursos de TI consideráveis da empresa.

 

Benefícios da nuvem privada

  • Controle total do sistema, resultando em maior segurança: uma nuvem privada oferece controle total do sistema e segurança reforçada por meio de hardware dedicado e de infraestrutura física usada exclusivamente pela empresa proprietária.
  • Maior desempenho: como o hardware é dedicado e não é utilizado por nenhuma outra organização, o desempenho da carga de trabalho nos serviços de computação em nuvem nunca é afetado por outra empresa que executa cargas de trabalho com uso intensivo de recursos em um servidor compartilhado ou por uma interrupção dos serviços de computação em nuvem pública.
  • Economia de custo em longo prazo: embora possa ser dispendioso configurar a infraestrutura para oferecer suporte a uma nuvem privada, isso pode valer a pena no longo prazo. Se uma organização já possuir o hardware e a rede necessários para hospedagem, uma nuvem privada poderá ser muito mais econômica em comparação ao pagamento de taxas mensais para usar os servidores de terceiros na nuvem pública.
  • Dimensionamento: se a organização ultrapassar o uso dos recursos de hardware próprios, poderá adicionar novos recursos com facilidade. Se o aumento for temporário ou sazonal, a organização poderá migrar para uma solução de nuvem híbrida, que envolve taxas mínimas de uso, e utilizar a nuvem pública somente quando necessário.
  • Custos previsíveis: além disso, os custos do uso de uma nuvem pública podem ser bastante imprevisíveis. Com uma nuvem privada, os custos são os mesmos todos os meses, independentemente das cargas de trabalho executadas pela organização.
  • Melhor personalização: como as empresas têm controle total sobre a nuvem privada, é muito mais fácil realocar recursos e personalizar a nuvem para realizar tarefas específicas de acordo com os requisitos que a empresa definir. Os gerentes de TI têm acesso a todos os níveis de configurações no ambiente de nuvem privada e não ficam limitados às políticas definidas pelos provedores de serviços de nuvem pública.

A nuvem privada é mais segura que a nuvem pública?

A nuvem privada geralmente é mais segura do que a nuvem pública, com uma ressalva importante: a empresa deve garantir proativamente que a segurança seja robusta e atualizada para que possa aproveitar os benefícios da nuvem privada. A maioria dos provedores de nuvem pública oferecem dimensionamento e recursos para proporcionar segurança robusta, por isso as empresas que têm dúvidas sobre sua capacidade de gerenciar sua própria segurança podem ser mais bem atendidas pelas soluções de nuvem pública. Contanto que a empresa não seja acomodada, a nuvem privada oferece muitas vantagens para a segurança. Como as nuvens privadas limitam-se a máquinas físicas específicas, é mais fácil garantir a segurança física. Elas são protegidas por um firewall de perímetro e acessadas por meio de links de rede seguros e privados (em vez de acessados pela Internet pública). O nível de controle que a empresa tem sobre sua nuvem privada também facilita a conformidade normativa.

Soluções e recursos relacionados à nuvem privada da VMware

Ofereça visibilidade de TI para gerenciamento de custos da nuvem

O VMware vRealize Business for Cloud automatiza a análise de custos da nuvem, a medição de consumo, a comparação de nuvens e o planejamento.

Software de nuvem privada pronto para uso corporativo

O VMware vCloud Suite é um software de nuvem privada corporativo e pronto para uso que reúne o VMware vSphere Hypervisor e o VMware vRealize Suite Cloud Management Platform, soluções líderes do setor.

Nuvem privada dedicada

Transforme seu data center em uma infraestrutura em nuvem flexível com virtualização e consolidação de servidores.

Plataforma de gerenciamento de nuvem híbrida

O vRealize Suite é uma plataforma de gerenciamento de nuvem híbrida que ajuda TI a preparar os desenvolvedores para criar rapidamente aplicativos em qualquer nuvem, com operações seguras e consistentes.

Nuvem privada definida por software

As organizações podem fornecer e gerenciar aplicativos nas nuvens privadas e públicas de maneira flexível, ágil, segura e econômica.

Automação de nuvem para aplicativos com base em VM e contêiner

O vRealize Automation é uma ferramenta de automação de nuvem que acelera o fornecimento de serviços de TI por meio da automação e de políticas predefinidas.